Pesquisar neste blogue

sexta-feira, 7 de dezembro de 2012

Fim de semana: a história repete-se


Mais um (o último) fim de semana com concertos de Natal. Mais um fim de semana com mil e uma coisas para fazer, atrasadas, que têm sido adiadas indeterminadamente e continuam por fazer, precisando de ser feitas. 

Na próxima semana estarei em formação, numa área da qual nada conheço, todos os dias, das 18.30h às 21.30h, portanto os meus dias serão para morrer. Ainda no sábado terei formação de manhã e viajo no final do dia, com a minha irmã, para longe do G. e perto do meu pai e avó. Já me custa sequer pensar que ele passará um Natal difícil, a trabalhar, com mil e uma preocupações que o atormentam, todos os dias e a todo o momento, que não lhe dão descanso. Já me custa saber que não estarei por perto, que tenho de estudar e me concentrar e não há desculpas. Já me custa saber que ficarei 15dias longe deste homem que me faz falta todos os dias, mesmo todos os dias estando com ele. Nem quero pensar.

Este é o último fim de semana que passo cá este ano e tenho que comprar-lhe uma prenda, pelo menos. A ele, à minha mãe, à minha irmã e ao meu pai. Basicamente tenho de comprar as prendas todas que ainda não comprei nada para ninguém e não vou ter tempo para procurar algo que seja útil e eu possa pagar.

Ele vai trabalhar e estaremos à procura de carro para ele comprar. A isso acrescem os concertos do coro e o trabalho que tenho em atraso por fazer. Mais o facto de não termos tempo para aproveitar a companhia um do outro como quereríamos, indo-me eu embora no próximo sábado e tendo pela frente uma semana atarefadíssima. E ainda eu querer comprar prendas de Natal e preparar-lhe uma surpresa meramente simbólica.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Muito obrigada pelas tuas palavras!