Pesquisar neste blogue

domingo, 30 de dezembro de 2012

Recta final de 2012





  • Passei a todas as cadeiras de semestre.
  • Tive três dias de festejos no meu aniversário.
  • Sai pela primeira vez do país.
  • A minha mãe saiu de casa.
  • Fiz ERASMUS.
  • Vivi num outro país, numa cidade diferente.
  • Senti neve na pele, pela primeira vez.
  • Conheci Itália: Roma, Veneza, Teramo, Sulmona, Pisa, Florença, Siena, Pádua, Verona.
  • Sai, diverti-me, bebi, quase me embebedei.
  • Acordei uma manhã com um italiano ao lado.
  • Dei uns beijinhos a um espanhol.
  • Passei a Páscoa na neve, bem longe de casa.
  • Voltei a apaixonar-me e a acreditar no amor.
  • Ele pediu-me em namoro no meio da rua principal da cidade do meu ERASMUS. E eu finalmente (estava pronta para aceitar) aceitei.
  • Foi visitar-me a Itália cinco vezes.
  • Recebi a minha mãe em Itália.
  • Fiz amigos de verdade em ERASMUS.
  • Aprendi italiano (com direito a certificado internacional).
  • Fiz férias com ele.
  • Estive no Adriático (também com ele).
  • Consegui, apesar de tudo, poupar algum dinheiro.
  • Explorei também Portugal.
  • A minha irmã entrou na universidade.
  • Conduzi imensos carros diferentes além fronteiras.
  • Reinventei formas de economizar em várias coisas.
  • Foi o Verão mais curto que tive.
  • Fiz um furo na orelha, com a minha irmã.
  • Passei a poder conduzir o carro do meu pai.
  • Trabalhei intensamente na organização de um evento regional.
  • Ele esteve de férias de verão junto de mim, na casa da minha avó.
  • Tirei de casa as roupas e bens mais pessoais da minha mãe e demo-los.
  • O gato caiu da varanda.
  • Ajudei na mudança e decoração da casa nova dele (e adoro).
  • Ele começou a trabalhar numa loja.
  • Deram-nos e/ou encontrámos quase tudo o que mobilou e equipou o apartamento onde está.
  • Passei noites e noites nos seus braços.
  • Ele mudou de carro, teve problemas com ele, bateu, teve pneus furados, bateram-lhe, procurou carro antigo e barato para comprar, perdeu dinheiro com um vigarista, finalmente arranjou o carro.
  • Fiz cursos extra curriculares, em diversas e novas áreas.
  • Ofereci-lhe uma árvore de Natal como ele tanto queria.
  • Não fui à missa do galo na véspera de Natal (nem sai de casa), pela primeira vez.
  • As prendas de Natal foram abertas no dia 25 e não logo depois da meia noite como costume.
  • Passei o fim de ano longe da minha terra, fora de casa, pela primeira vez.

2012 foi, sem dúvida, um ano extremamente rico. Estou grata, tão grata, por tudo e cada coisa. Sinto que não foi apenas um ano, foi uma fase. Uma grande parte da minha história, vivida nestes 12 meses intensos. De alegria e de tristeza. Muito obrigada!

3 comentários:

  1. Eu também fiz Erasmus este ano, uma experiência fantástica. 2013 será ainda melhor :)

    ResponderEliminar
  2. Foi um 2012 em grande! Espero que 2013 seja ainda melhor :)

    Um beijinho *

    ResponderEliminar
  3. Que 2013 te seja mais rico e mais doce;)
    Beijinho

    ResponderEliminar

Muito obrigada pelas tuas palavras!