Pesquisar neste blogue

quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013

Carnaval à portuguesa


Se bem se recordam, o meu último Carnaval tinha sido passado por terras italianas, mais precisamente na capital da época, em Veneza - Pádua e Verona. Assim, este ano tive vontade de viver o Carnaval ao jeito português. 

Andei até aos últimos dias sem me decidir sobre o que seria o meu disfarce, sabia que queria mascarar-me e divertir-me com isso. Queríamos ir a Torres Vedras e só decidimos não ir no fim de semana porque, já ele estando doente, também eu acordei a sentir-me muito mal e previa-se mau tempo (ora, estando já doentes, não era lá muito boa ideia irmos apanhar frio, gastando dinheiro e não aproveitando devidamente, tendo em conta que queríamos passar fora o fim de semana seguinte).
Ainda assim, soubemos logo que, apesar de tudo, não podiam haver desculpas para não nos disfarçarmos e sairmos à rua para descomprimir de forma diferente. 

Assim foi. Na segunda à noite e apesar da persistência da chuva fomos até ao BA com a DD vestindo outra pele (a de matarruanos, disfarcei-me de homem, indo igual a ele). E fomos o centro das atenções, os mais originais e bem caracterizados sem termos gasto nada para tal. E o mais importante é que nos divertimos imenso, fizemos a festa. E foi o nosso primeiro Carnaval juntos, do qual tenho a certeza não me esquecerei facilmente.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Muito obrigada pelas tuas palavras!