Pesquisar neste blogue

quarta-feira, 10 de abril de 2013

Resumo dos últimos tempos

Pois é, tive muita agitação nos últimos tempos da minha vida.
Primeiro o retiro com o coro, depois a ida a Sevilha com as raparigas e o regresso, finalmente a ida a casa para passar a Páscoa e o regresso à capital. 



Os dias em Sevilha correram bem, é uma cidade gira, apanhámos as celebrações e festividades da Páscoa que lá é vivida intensamente e fartá-mo-nos de passear e fazer coisas de turista. O que não foi assim tão bom foi eu ter ficado praticamente afónica à custa da noite de Sábado, no retiro do coro, na qual apanhei com frio e ar condicionado (quente) excessivo. Custava-me imenso falar e sentia-me cansada, o que não ajudou a aproveitar da melhor maneira os dias de férias. Divertimo-nos e conhecemos uma nova cidade, foi muito bom!

A Páscoa foi passada em casa, longe dele, com o pai, a avó e os tios. Não foi nem teve nada a ver com o que estava habituada tenho de me mentalizar que as coisas em família nunca mais serão as mesmas. Nem celebrámos o Domingo de Páscoa com um almoço porque os meus tios trabalhavam e a minha prima tinha de vir embora à hora de almoço por isso houve jantar no sábado à noite na casa da minha avó.
Por lá os dias foram-se passando com a companhia do meu pai apenas (e do gato). Consegui estar com a CC e por a conversa em dia, ainda que por pouco tempo. E pude estar com a minha avó algumas vezes. Tive de tratar de coisas pendentes como ir ao dentista e procurar uma solução para a falta de internet em casa (por isso não pude vir cá ao estaminé) e nos entretantos li umas coisas para as cadeiras que tenho agora (quase nada comparado com o que tenho ainda por estudar!!!).


Na quarta à noite voltei à capital e a junto dele.

Depois de tanta agitação ainda ponderámos ir ter com uns amigos no fim de semana passado, aproveitando as férias (da loja) dele mas acabámos por decidir-nos a ficar por casa e tentar relaxar depois de tanta coisa e uma vez que estamos em (constante) contenção de despesas. E foi o melhor que fizemos.

O fim de semana passado voou, como já é costume mas fomos só nós dois, em casa, com o Patanico. A perspectiva era trabalhar muito e passear alguma coisa mas no final de contas não foi bem o que aconteceu. O trabalho foi adiado, procrastinado, e a base foi muito namoro, muita ronha e descanso.  No Sábado à tarde fomos andar (pela primeira vez) de bicicleta e à noite fomos até um bar no Estoril que eu não conhecia (e que é bem giro, com um cheesecake de frutos vermelhos delicioso). No Domingo só saímos para as compras de supermercado e voltámos a casa.Basicamente foi tudo o que fizemos nos dois dias.

Ah! Desde que voltei de Férias da Páscoa que já há televisão em casa dele. Ou melhor, já havia televisão há algum tempo (que lhe tinham dado) mas não apanhava nada, portanto, a novidade é que agora já apanha (depois de comprar TDT e Antena lá se conseguiu por a coisa a funcionar).


Em compensação, na Sexta feira tínhamos passado o dia de um lado para o outro a fazer mil e uma coisas com tempo até para uma ida até ao Bairro com a DD e a minha irmã e o namorado.
Na quinta devia ter ido às aulas mas não consegui levantar-me cedo, sendo que na quarta voei até à capital à noite, chegando por volta da 1h. Foi tão bom voltar a adormecer nos braços dele que só vim dormir a (minha) casa a noite passada.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Muito obrigada pelas tuas palavras!