Pesquisar neste blogue

quinta-feira, 20 de junho de 2013

Não há volta a dar


É (tem sido) sempre até de madrugada, a queimar os últimos cartuchos (ou tentar), até não poder mais. Porque a procrastinação reina por aqui... É assim que funciono (mal ou bem). A tensão e pressão estão no auge e a preocupação atormenta-me. Fico com um humor de cão raivoso e ao mesmo tempo só queria poder ficar quieta por umas horas, num abraço reconfortante.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Muito obrigada pelas tuas palavras!