Pesquisar neste blogue

sábado, 6 de julho de 2013

O nosso concerto UB40 (em atraso)

Na sexta passada era o nosso dia mas nem por isso estivemos mais tempo juntos. Ele teve de ir trabalhar - tentou trocar o turno e conseguiu ficar de manhã mas teve de fazer mais duas horas e meia/ três. Acordei com ele e saímos juntos. Ele foi trabalhar e eu fiz compras para casa, tratei de pequenas surpresas/mimos para ele (tal como tinha adiantado aqui), fui saber como era com os bilhetes do concerto dos UB40, fui a casa buscar as últimas coisas que tinha para trazer para a dele (desde o início do mês que estou a ficar em casa dele para poupar algum na renda já que não tenho mais aulas), fui a casa dele e preparei comida. Quando ele finalmente saiu decidimos ir buscar os bilhetes: ele ofereceu-nos


Fomos a casa, comemos, arranja-mo-nos e saímos de casa com tempo. Deviam ser umas 8h quando chegámos ao Campo Pequeno, a plateia em pé (para onde eram os nossos bilhetes) ainda estava praticamente vazia. A primeira parte do espectáculo começou às 21h com uma banda (julgo) recente, chamada CAE, depois dum DJ muito boa vibe (mas que não sei o nome) que desde o abrir portas animou a plateia e aqueceu o público. São bons mas o que nós queríamos mesmo eram os grandes

O concerto começou depois das 22h e foi muito bom. Apesar de não conhecer muitas das músicas deles fartei-me de dançar e cantar (adivinhando a letra nos lábios dos artistas), diverti-me mesmo muito. Foi um serão completamente diferente, muito bem passado mesmo, que dá vontade de repetir! Os conhecidos e inesquecíveis Red Wine e Take my hand levaram o público ao auge, foi o delírio. Eu ADOREI - única nota negativa para as pessoas chatas que se põe à nossa frente sem vergonha nem respeito nenhuns, já embriagados! Só fiquei com pena, confesso, de não ter trazido uma lembrança dos artistas ou ganho um acenar especial ou um atirar de beijo personalizado. Hehehe

Sermos só nós dois, termos tempo para nós, sozinhos, sem mais nada nem ninguém à volta a fazer ruído...soube tão bem!!!
Quando saímos de lá fomos até ao BA, ao nosso miradouro, desta vez com uma caipiblack em punho. Depois disto tudo eu já estava de rastos, cheia de sono e morta de cansaço. Voltei para casa arrastando-me, deviam rondar as 3h quando nos deitámos - claro está que no dia seguinte de manhã não fomos ao ensaio.


Foi uma noite especial, como merecia o nosso primeiro aniversário e isso é o que me deixa mais feliz.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Muito obrigada pelas tuas palavras!