Pesquisar neste blogue

domingo, 3 de agosto de 2014

Mais uma ...

No dia em que viajávamos, depois de um dia inteiro a arrumar e limpar coisas com a ajuda da minha mãe, ela decidiu chatear-se comigo pela forma como eu falava com o meu namorado (por estar sob pressão)...quando nos preparávamos para sair de casa, já a arrumar as coisas no carro.
- Eu já não saía de casa contigo para lado nenhum - disse.
- Então não saia... - respondi.
Continuou a resmungar para si mesma.
- Estás cada vez mais parecida, aliás, pior que o teu pai!!!! - ripostou finalmente.
- Eu já estou é mais que farta dessa conversa da merda. Já lhe disse que quem escolheu o meu pai foi a senhora, não fui eu. 
Então foi o fim.
- Eu vou-me embora. Não aguento mais isto! Até amanhã, ou melhor, até Setembro. Tchau!
E voltou costas, pegou no seu carro e foi a sua vida levando as chaves de casa que lhe tinha dado minutos antes e nem mais uma palavra, gesto ou preocupação.
Ora, este poderia não ser um cenário tão grave noutra altura mas, sendo que viajávamos à noite e estava combinado ser a minha mãe a levar-nos, a ficar com as chaves de casa, com o carro, a ver os gatos, estávamos realmente tramados com aquela sua atitude.
Foi mais um stress e tivemos de fazer trinta por uma linha para conseguirmos estar no aeroporto a tempo, deixarmos as chaves aos pais do G. que vieram de longe de propósito e em cima da hora, apanharmos táxi com as malas e remediarmos a situação.


Bem perto da hora do meu voo sair, recebi uma mensagem dramática da minha mãe a dizer que não suportava a forma como eu tratava o meu namorado, que passou mais de 20 anos da vida dela (o tempo que esteve casada com o meu pai) a viver um inferno porque ele a tratava mal e não sei mais o quê...e que eu não respeitava ninguém e que, resumindo e concluindo, deixaria as chaves com que ficara aos pais do G. porque, ao contrário de todo o combinado, não mexeria uma palha para nos ajudar.
Eu limitei-me a não responder porque não seria correta. Não sou capaz de responder como deve ser perante tanta merda.

2 comentários:

  1. Que situação... :(
    Já voltaste a falar com a tua mãe?
    Beijinhos
    Autora do blog http://newblackis.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não, a minha mãe nem me responde. É uma atitude infantil digna de uma mãe (NOT) ;)

      Eliminar

Muito obrigada pelas tuas palavras!