Pesquisar neste blogue

segunda-feira, 3 de novembro de 2014

O meu primeiro reboque


Tinha planeado fazer muita coisa no sábado mas voltar para casa de táxi é que me tinha escapado. Pois que depois de muito se passear, para os lados de Sintra e Mafra, depois da minha mãe ter perdido a carteira, termos tido de voltar a fazer todo o caminho percorrido no sentido inverso para a tentar encontrar, de tudo ter parecido perdido por momentos mas afinal alguém muito honesto, tendo-a encontrado, deixou no café mais próximo o contacto e entregou-a intacta... quando fomos ter com os pais do G., depois de toda esta maratona, o carro começou a fazer um ruído muito estranho em andamento ou parado, bastando estar ligado. Achámos muito estranho, não percebemos o que se passava nem o que poderia ser e fomos aconselhados por um sr numa bomba de gasolina a chamarmos o reboque uma vez que ainda tínhamos um caminho longo de volta a casa. 

Felizmente o seguro inclui assistência em viagem (bendita!) e, ligando para a linha de apoio, mandaram um reboque e um táxi buscar o carro e levar-nos a casa. Ainda fomos à oficina falar com o mecânico que nos trata do carro normalmente, ele disse-nos que poderia ser a embraiagem que precisava de ser mudada mas que só hoje poderia fazer ou tratar de alguma coisa. Felizmente o homem pode receber o carro ainda que num sábado à noite (cerca das 20.30h/21h). 

Agora é esperar, dar graças por não nos ter acontecido nada mas não consigo deixar de lamentar estar sem a estrelinha. Ninguém morre sem carro mas dá um jeitão! E assim terminou um sábado de passeio, de regresso a casa de táxi, porque o carro foi de reboque. Mas ao menos fomos divertidas e farta-mo-nos de rir (o taxista com certeza julgou-nos malucas!).

E assim foi o nosso dia de todos os santos: a sorte de ter encontrado a carteira e a fraca sorte do carro ter-se cansado antes de chegarmos a casa.

3 comentários:

  1. Embraiagem??? Ui... Não sei que carro é, mas se isso incluir o Bi-massa prepara a carteira...
    Eu ando a adiar essa troca nos 2 carros, no da minha mulher porque anda pouco, para desenrascar ainda dá, (se bem que na semana passada tive que andar com ele e estava a rezar para a embraiagem não acabar de ceder e me deixar a meio do caminho...) e porque na melhor das hipoteses ainda me vai ficar em 250€ entre MO e material, o meu porque entre bimassa e embraiagem são cerca de 500€ só de material, e a isso ainda posso juntar mais 100 a 150€ de mão-de-obra...

    Enfim... Vais ver que se calhar nem é isso e a reparação até vai sair barata...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Tímido e obrigada pelo esclarecimento. Eu não percebo nada disto como deves calcular (na verdade quando esta a escrever isto lembrei-me que tu poderias saber alguma coisa e não me enganei, vieste comentar). É uma space star. O mecânico a que vamos disse nos que podia ser só o fole da caixa que estava partido e já o substituiu, agora está lá o G à espera a ver se a coisa fica resolvida com isto ou se é preciso mudar mesmo alguma coisa (embraiagem)... a ver vamos. Mas o mecanico falou-nos, quanto à mudança da embraiagem, que nos custaria à volta de 150€ e ele não leva cara a mão-de-obra. Por isso vamos lá...mas vamos ver.

      Eliminar
    2. Não,

      Realmente nesse aspecto esses carros são muito económicos em termos de manutenção, e essa embraiagem sim, é muito baratinha...
      Mas se efectivamente o problema for a transmissão vai ser bem mais barato... O meu também teve que trocar isso a semana passada, mas eu já sabia e troquei antes de romper de vez... A grande desvantagem em andar com o carro assim seria que ia danificar as ponteiras, por isso fizeste muito bem em mandar rebocar...

      Eliminar

Muito obrigada pelas tuas palavras!