Pesquisar neste blogue

quinta-feira, 4 de dezembro de 2014

Filmes dos últimos tempos

Proof - um filme diferente, capaz de baralhar a nossa intuição e/ou percepção do que conta a história. É uma história original que narra os dilemas e a forma diferente de ver as coisas de alguém brilhante.



Lord of war - O senhor da guerra é quase uma história da máfia, no caso, seria a máfia do tráfico de armas. Não posso evitar compará-la a um "Lobo de Wall Street" ou até mesmo um "Padrinho" porque qualquer uma das histórias versa sobre alguém, que se dá muito bem a fazer algo ilícito. O problema das coisas ilícitas e que correm bem é que normalmente são uma teia tão grande e densa que uma vez entrando, já não se pode sair, só se sai de lá morto ou, pelo menos, em muito mau estado. Um grande filme, com várias cenas de acção surpreendentes, cenários incríveis do abismo cultural entre países e uma actuação brilhante de Cage.



S1mOne - Que filme doido! Uma história envolvente, que nos transporta para um mundo à parte. Acho que não haveria melhor actor para representar um artista em crise do que o Al Pacino, a representação está brilhante. Dá que pensar: tudo aquilo que envolve a criação, a ficção de determinadas coisas/vidas que não são reais e tudo o que isso acaba por implicar. Além de que a moral da história é que o feitiço se pode virar contra o feiticeiro quando se perde o controlo da situação - porque ela acaba por fugir ao nosso comando quando ganha maiores proporções. Todo o enredo desenrola-se de tal forma alucinante que a determinada altura ficamos sem perceber o que podemos esperar e como irá acabar. Mas o desfecho é surpreendente. Vale a pena ver.



People like us - Uma história absolutamente original, com um final diferente do que se espera de um romance. Divertida, inteligente, com uma história interessante como pano de fundo mas sem ser demasiado pesada e com um final feliz! Adorei o filme.



Final Cut - que história fora do normal! Um chip que grava todas as memórias do ser humano que o possua e que serve, basicamente, para que no final da vida dessa pessoa, se faça um resumo dos seus melhores momentos e, assim, a devida homenagem ao defunto. Pois que Williams é quase um contador de histórias (de vida) porque é ele quem faz a FINAL CUT das pessoas, é ele que resume em alguns minutos, toda uma vida. Não desgostei mas também não voltaria a ver. Quase parece inacabado, mal resolvido e a história acabou por ser conduzida de maneira demasiado pesada.



Virados do Avesso - uma comédia autêntica. Morgado e Corrula em muito bom. Para rir do princípio ao fim, com uma história invulgar. É um filme muito divertido, ligeiro e descontraído (por vezes, quase parece de improviso). Recomendo.



À procura da terra do nunca - que história mágica e bonita. Ao que consta, é onde teve origem o Peter Pan e isso já por si é um grande antecedente. Uma história de grande amor, embora disfarçado. De magia e que apela à nossa imaginação, no seu momento mais genuíno - quando fomos crianças.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Muito obrigada pelas tuas palavras!