Pesquisar neste blogue

terça-feira, 10 de março de 2015

Os candeeiros do nosso quarto

Finalmente!!! Finalmente desencantámos uns candeeiros do género que queríamos, um conjunto (ou pelo menos que passem por isso) dois para a mesa e um para o tecto e que não custassem os olhos da cara.

Houve um Sábado de manhã em que nos obrigámos a levantar cedo da cama para ir ver um conjunto deles, muito semelhantes aos que agora são nossos mas pelos quais pediam 60€. Eram muito bonitos, estavam em bom estado mas...os candeeiros de mesa não tinham casquilho nem instalação eléctrica. Eu através das fotos do anúncio, não tinha reparado em tal coisa pelo que o negócio ficou logo inquinado naquele ponto. O preço também era demais para o nosso orçamento mas como se anunciava "negociável" e pessoalmente nos disseram "isso depois chega-se a um acordo quanto ao valor" pensámos que eram aqueles. Os senhores vendedores ficaram de ver se tinham o casquilho lá por casa, embora tivessem quase certeza que não, ou quanto custaria para decidirmos se avançávamos ou não com a compra. Nesse mesmo dia à tarde, passado pouco tempo, ligaram a dizer que sim senhor arranjavam e à noite o G. falou-lhes acerca do preço. "Ah como arranjámos os casquilhos e fio eléctrico já não podemos fazer uma atenção no preço". Os candeeiros continuavam sem ficha ou botão para ligar e desligar nem instalação feita mas essa não era a questão. Foi a atitude. Afinal vendem candeeiros funcionais (porque eu perguntei se estavam operacionais antes mesmo de ir vê-los porque era nessa condição que estaria interessada) ou candelabros decorativos? Não dá para entender. Assim sendo, aquela "compra" terminou ali.

Já me parecia uma odisseia impossível arranjar os ditos candeeiros para o nosso quarto (a única divisão da casa sem candeeiros há já meio ano). Mas inconformada, nesse mesmo dia ao final da tarde fiz novamente pesquisa nos sites de venda online em segunda mão. Mal podia acreditar que encontrara um candeeiro daqueles de tecto por 15€!!!! Sim, 15€! Julguei logo que já estaria vendido ou reservado ou em vias disso, ou que tivesse defeito ou ...eu sei lá! Mas continuava a ter o mesmo problema: não tinha candeeiros de mesa que conjugassem. Até que encontrei um par de candeeiros de mesa de cabeceira, do mesmo género, por 30€ negociáveis (que acabaram por ficar em 20€). 
Decidimos que ficaríamos com aquele "conjunto" mas assegurando-nos de que só comprávamos um sabendo que conseguíamos também o outro, senão todo o nosso esforço seria inútil e as nossas intenções caiam por terra. Com alguma ginástica e com uma pitada de sorte lá conseguimos conciliar tudo e são nossos!


São diferentes e originais, eu diria mesmo: muito especiais. Não estavam nas melhores condições mas bastou escová-los com água e vinagre que brilham em todo o seu esplendor. Na quarta-feira o G. pendurou o de tecto e ontem pusemos, ainda improvisado, um dos de mesa de cabeceira no seu devido lugar. Só um e improvisado porque o outro anda dentro do carro, pois que os candeeiros de mesa vieram incompletos e não temos, para eles, abajours. Já andei nas pesquisas e a investigar soluções/alternativas mas, mais uma vez, não está fácil. 

A ver o que se arranja. Para já aqui ficam as fotos...

O de tecto:








O de mesa (que tem o par, para já, no carro, em busca do abajour): 



Provisoriamente está com este abajour (que é do candeeiro do quarto de hóspedes) para o podermos usar mas que é demasiado grande para ele. 
Mas este abajour tapa demasiado o candeeiro, não encaixa como deveria e a cor não é o que queríamos para o nosso quarto...

De cada vez que olho para eles tenho a certeza de que valeu bem a pena toda a procura e espera porque são simplesmente lindos, únicos e muito, muito especiais, como nós queríamos. Fico sempre a babar quando os admiro !

Fica a promessa de mostrar os móveis do nosso quarto quando a reciclagem estiver (finalmente) terminada, bem como todos os restantes pormenores da decoração (ainda em andamento)!

Sem comentários:

Enviar um comentário

Muito obrigada pelas tuas palavras!