Pesquisar neste blogue

quarta-feira, 9 de novembro de 2016

Manual infalível para estragar surpresas

O meu homem faz muitas coisas boas, que me surpreendem e fazem feliz mas tem um talento especial para ...estragar surpresas. É que é impressionante! Então não é que houve um dia em que fui ao outlet ver uns sapatos para o casamento e gostei mas não estava convencida. O que lhe disse foi que tinha gostado, que até davam para o casamento, estavam a um preço simpático mas nunca lhe disse que era mesmo aquilo que queria ou algo do género. Nesse mesmo dia, vim a saber mais tarde, ele correu e comprou os sapatos. Eu nem desconfiei de nada. Até que no Domingo de manhã ele diz-me que temos de ir a um sítio e faz segredo. Eu, que adoro surpresas, já fiquei contente e saímos de casa. Já me cheirou a esturro passarmos a ponte, sem perceber o propósito, a um Domingo, quando ele me tinha dito que não demoraríamos (ponderamos sempre as deslocações que fazemos para não dar banca-rota). No final da ponte ele teve de me contar, que tinha comprado os sapatos na quinta-feira e que a ideia era fazer-me surpresa e deixar-mos no dia seguinte com um bilhetinho. Mas como eu lhe tinha dito no dia seguinte a ele mos ter comprado que aquela cor não seria muito boa ideia (e a cor alternativa também não dava) e portanto o melhor seria não comprar, ou oferecer-mos na outra cor para o Natal (disse-lhe eu em jeito de brincadeira)...ele achou melhor ir trocar. E tinha de ser o quanto antes para não correr o risco de mais tarde não haver o meu número ou a cor que eu queria. E por isso me levou com ele. Eu nem sabia o que lhe fazer! Se o havia de esganar ou se havia de desatar à estalada no moço!!!


Conclusão: Ele não fez a surpresa de oferecer-me os sapatos para casar; ele não me fez a surpresa de me oferecer os ditos sapatos para o Natal; e ainda fomos para o outlet, num domingo, passando a ponte e tudo mais associado a isso, para nada
Sim, porque eu não troquei os sapatos. Chegámos a ir à loja, já que lá estávamos mas, lá chegados, eu não sabia o que fazer. Afinal, ou havia branco (que dá para o casamento mas talvez não dê para mais nada na vida) ou havia preto (que é cor óptima para tudo menos para (est)a noiva usar). Além disso, os sapatos são giros mas não são nada de especial, são bem simples e comuns, se virmos bem. POR ISSO EU NÃO TERIA COMPRADO! Mas o homem comprou! E eu, apesar de tudo, achei que o gesto valia a pena tentar cumprir o seu propósito - serem os sapatos com que me irei casar. Então ontem, na prova do vestido levei-os...só que ainda não estou convencida. E agora!?! Fico com os brancos/pérola e uso no casamento? Ou troco por preto e ficam como prenda de Natal? 
A questão é que eu tenho outros sapatos que já tinha comprado para o casamento...embora não sejam "os tais" (estes também não sei se são - a verdade é que muitas vezes as coisas não são as ideais mas tornam-se, dadas as circunstâncias e o contexto, as que mais se adequam e fazem sentido. Será que é o caso? Ou estarei só a tentar justificar a realidade do homem me ter oferecido uns sapatos pérola para o casamento?!).

9 comentários:

  1. Desculpa que to diga assim, mas pareces estar muito stressada! E é normal, mas relaxa! São só sapatos, sei que é o dia mais especial da tua vida e acredita que sou super perfeccionista por isso compreendo-te bem.
    Se n consegues viver com o facto de usares esses sapatos no casamento troca-os logo de uma vez e fica com os pretos para prenda de natal.
    Caso contrário, o que conta são as pessoas que estarão presentes e o vosso amor e compromisso. De certeza ficarás linda com qualquer par de sapatos ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Talvez não tenha ficado claro com o texto mas ele foi escrito em tom de brincadeira até e a questão dos sapatos não é tanto o facto de usar estes ou aqueles sapatos (tenho outros já há meses e por mim seriam aqueles que usaria porque são confortáveis apesar de não serem muito bonitos ou adequados) mas principalmente o que está em causa é o dinheiro gasto nos sapatos que o homem me comprou. Ou seja, se vale a pena o investimento ou não, entendes? É também isso que pesa na minha indecisão - tendo em conta o facto de vir a dar-lhes mais uso ou não. É uma questão de utilidade, se assim quisermos.
      Compreendo que possa não transparecer mas estou, pelo menos até agora, muito calma e tranquila, felizmente. Precisamente porque o mais importante daquele dia especial será nos casarmos e isso, irá acontecer seja como for, aconteça o que acontecer :)
      Beijinhos

      Eliminar
  2. Se ficam bem no vestido, eu ficaria com eles. Principalmente pelo efeito surpresa, de ter sido ele a oferecer.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Foi o que eu pensei. Por isso não os troquei... Afinal o gesto faz toda a diferença. Obrigada! Beijinhos

      Eliminar
  3. Então mas e os outros? Dão para usar depois? Ou vão ficar obsoletos? Se os outros servirem pra outra ocasião fica com esses para o casamento, se forem confortáveis e tudo mais. E é menos uma questão em que pensar :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Os outros foram super baratos e poderão ser usados noutra altura (embora não muito).
      Por mim já tinha o assunto arrumado mas o homem dizia que eu como adoro sapatos tinha que levar uns mesmo especiais (mas isso nem sempre é possível porque têm de ser confortáveis e dar com o vestido e não me levarem à falência).
      Obrigada ;) bjs

      Eliminar
  4. Peço desculpa n tinha percebido que era esse o sentido do texto :)
    Tens toda a razão :)
    Ainda bem que permaneces calma :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ora essa!!! xD o texto talvez não seja claro. Beijinhos ***

      Eliminar
  5. Às vezes querem fazer-nos surpresas e agradar-nos e depois só se enrolam e "estragam" tudo :P Sinceramente não sei que te diga: se achas que vão bem com o vestido e que podias perfeitamente usá-los e sentires-te bem com eles fica com os brancos; se vês que não é mesmo o que queres usar mas ainda assim gostas dos pretos, vais usá-los depois e apreciaste o gesto, troca pelos pretos; se vês que no fundo, e apesar de giros, não gostas assim tanto deles ou não te parece que os venhas a usar, vê se dá para trocar por outro modelo ou devolver. Entendo que o gesto tenha sido de coração, e que aprecies isso, mas o rapaz com certeza que também não ficará chateado, porque há-de preferir dar-te algo que de facto uses e gostes bastante!!

    ResponderEliminar

Muito obrigada pelas tuas palavras!