terça-feira, 3 de maio de 2011

Há muito, muito tempo

...que ninguém mexia assim comigo. TU sempre tiveste um poder especial sobre mim... Em relação a isso nada mudou, mesmo depois de tanto tempo sem nos falarmos ou vermos!
Já sentia falta de que alguém fosse capaz de mexer assim comigo, de me fazer sentir um arrepio na espinha embora em menor intensidade do que os que já senti em tempos.
Fazes-me sentir importante, especial... já há muito que não sentia.

1 comentário:

Obrigada pelas tuas palavras!

Mais um regresso e o Verão a chegar

Cá estou eu de volta passado quase um mês desde a última publicação. É o reflexo do que têm sido as minhas últimas semanas! Tive das semana...