Pesquisar neste blogue

sábado, 28 de março de 2015

Dois anos e nove meses de amor

(e mais uns quantos de partilha e cumplicidade)
Porque a melhor parte do amor é termos alguém que nos acompanhe, quer nas nossas conquistas e alegrias, quer nos nossos dias mais difíceis, sempre com todo o seu amor, pronto a nos abraçar e fazer sentir melhor.
Porque o amor não são duas pessoas que são sempre fortes, o verdadeiro amor é haver sempre um que é forte quando o outro mais precisa. Afinal, ninguém pode ser sempre "forte".

Sem comentários:

Enviar um comentário

Muito obrigada pelas tuas palavras!