Pesquisar neste blogue

segunda-feira, 21 de março de 2016

Domingo de Ramos

Ontem assumi a qualidade de madrinha e juntei umas amêndoas para oferecer ao meu afilhado - que é também meu noivo, meu namorado, melhor amigo, companheiro de todas aventuras e desventuras, de todos os dias e todas as noites. Não pude, infelizmente oferecer-lhe nada de especial, então limitei-me a abastecê-lo (abastecer-nos) com amêndoas para a Páscoa que está à porta, assinalando a data de forma simbólica.


Eu sou sua madrinha do crisma há cerca de um ano e meio mas este ano foi a primeira vez que lhe ofereci alguma coisa neste dia e talvez seja uma tradição que manterei por achar engraçada e essencialmente simbólica para nós. 
Apesar da humildade das minhas prendas ele ficou deliciado com a surpresa e com a novidade de poder receber mimos em vésperas da Páscoa, da madrinha que tem em mim, qualidade que mal se manifesta ao longo do ano dada a nossa relação de partilha total e convivência. Foi somente um gesto que serviu para o mimar, como tanto gosto. E ele adorou!

8 comentários:

  1. Fiquei assustado nas primeiras linhas... não sabia se estava perante um caso de incesto, ou de pedofilia. ahahah
    Estou a brincar.

    ResponderEliminar
  2. Que bonito gesto....
    Acho bonito e sim, é uma bonita tradição.
    Beijinho

    ResponderEliminar
  3. Esses gestos é que são importantes :)

    ResponderEliminar
  4. Todas as oportunidades são boas para mimar aqueles de quem gostamos... portanto acho que fizeste muito bem! ;)

    ResponderEliminar
  5. Que bonito :) sabe tão bem fazer sorrir quem amamos não é?

    ResponderEliminar
  6. Oh com imaginação, consegue-se fazer o outro muito feliz :)

    ResponderEliminar
  7. Acho que é uma tradição que fazem bem em criar e manter :)
    nem mais nem menos | Facebook | Instagram

    ResponderEliminar

Muito obrigada pelas tuas palavras!