Pesquisar neste blogue

quinta-feira, 25 de agosto de 2016

Flores de casamento


Apesar de não fazer ideia do que queria em relação às flores, sempre soube que queria algo muito simples em relação a elas para o casamento. Que não queria demasiada flor nem demasiadas cores, nem nada muito elaborado. Tal como tudo o resto, achamos que o simples é mais bonito e que o que tiver mais significado para nós, é o que faz sentido escolhermos, pois será especial. Pedimos ajuda a alguém muito querido quanto às flores, porque eu confio plenamente no seu bom gosto e sabia que iria entender o que eu queria (nem sempre é fácil nos explicarmos quando não temos ideias muito fixas ou definidas em relação ao assunto, como era o nosso caso em relação às flores). Procurámos opções, informá-mo-nos e ontem fomos resolver o assunto. Apesar de só termos apalavrado, acho que este assunto está arrumado, está em boas mãos e podemos ficar descansados. E isso é uma grande ajuda e um grande alívio.

4 comentários:

  1. Também sou apologista do simples! Tenho a certeza que tomaram uma boa opção!

    ResponderEliminar
  2. É importante delegar e, se está nas mãos de alguém em quem confias, melhor.

    ResponderEliminar
  3. Na altura do meu casamento, também confiei esse assunto a quem percebia da coisa e dei-me bem. Há coisas que podemos delegar nos outros, sobretudo porque nesta altura da preparação do casamento há sempre tanto para pensar!

    ResponderEliminar

Muito obrigada pelas tuas palavras!