Pesquisar neste blogue

quarta-feira, 10 de maio de 2017

Arrendar casa #7

Eu sei, eu sei, sou uma desnaturada. Deixei este meu cantinho tão especial ao abandono por tempo demais. Mas não consegui fazer de outra forma. Os dias, semanas, meses têm-se atropelado uns aos outros, há tanto tempo que já perdi a conta, mas ultimamente, ainda mais.
Encontrámos casa. À terceira (que gostámos/nos candidatámos), foi a nossa vez, fomos nós os escolhidos para a arrendar. Isso tem implicado, desde então, um sem número de coisas para tratar, fazer e preparar. Não temos tido mãos a medir, na verdade.


Somos dois, estamos a trabalhar e há tanta mas tanta coisa para fazer que as horas que temos disponíveis são mínimas diante da exigência da situação. Então temos andado em contra-relógio.

Foi avisar o mais depressa possível que íamos sair no final deste mês da casa onde estamos, assinar contrato na nova, começar a empacotar uma casa inteira, pôr coisas à venda (porque não temos espaço para tudo), informar-se sobre os contratos de água, luz e gás, nos dois sítios, agendar fecho numa e abertura na outra, levar coisas para lá, limpar, organizar, desmontar transportar e voltar a montar, pesquisar,...tem sido uma animação.

Ainda falta muita coisa mas já temos um bom caminho feito. Confesso que a primeira vez que fui ver a nova casa, depois de assinarmos contrato, só me apetecia chorar. É uma casa boa mas bem mais pequena e mais cara. Pensar que teríamos de embarcar nesta empreitada já me deixava desanimada. De vez em quando ainda deixa, para ser franca. Há dias em que parece que tudo está errado, que não estamos no sítio certo e que tudo corre mal. São obstáculos atrás de obstáculos e parece que não terminam mais.
Mas depois há dias em que só me apetece mudar já para aquela casinha acolhedora, em que sei como sou abençoada por tê-lo a meu lado e como é especial termos pessoas à nossa volta que nos ajudam e se preocupam connosco.

Um dia de cada vez, não é assim?!

2 comentários:

  1. Ao ler-te revejo o m3 Bisalho. Está a fazer casa, ainda não está pronta, sai do orçamento, sai do apartamento onde viviam vao para a casa da sogra,para poupar na renda.
    Meu deus...podia ser ele a escrever esta publicação
    Kis :=}

    ResponderEliminar
  2. Um dia de cada vez é o melhor lema, sem dúvida! Com o tempo, vais sentir-te em casa, nessa casa :)

    ResponderEliminar

Muito obrigada pelas tuas palavras!