quarta-feira, 14 de março de 2018

O pai dos meus filhos


Imaginar-te, com um bebé rechonchudinho e de olhos curiosos ao colo, ou melhor, imaginar-te com um nosso bebé no colo, enche-me desmesuradamente o coração de vontade de ter filhos contigo.

5 comentários:

Obrigada pelas tuas palavras!

Dois anos volvidos

 A última publicação aqui foi em 2020...será que ainda sei como isto se faz? Será que ainda está por aí alguém? Não foi isso que me incentiv...