quarta-feira, 9 de maio de 2018

Caminhar até Fátima

Ainda não é este ano que fazemos a pé o caminho até Fátima no mês da primeira aparição. Há anos tivemos, pela primeira vez, contacto com a possibilidade de peregrinar até Fátima e houve um ano até em que quase no decidimos a ir mas...não fomos. Na altura, maio era época crítica em termos lectivos e depois o trabalho do homem meteu-se, mais tarde passou a ser também o meu e até hoje ainda não realizámos. Quase sempre pensamos por esta altura e quase nos prometemos "é no próximo ano" mas depois não nos preparamos e quando damos por nós já não é possível. 
Tenho a certeza que é uma caminhada e experiência únicas e que nos encherá o coração e sossegará a alma com uma plenitude contagiante. E sei, dentro de mim, que irei um dia. Espero que num futuro próximo. 


Vamos todos os anos (alguns bem mais que uma vez) a Fátima e é sempre um local de reflexão, paz e gratidão espiritual para nós. Essas características não se encontram tão facilmente naquele lugar em alturas de maior afluência, calculo mas, por outro lado, deve ser extremamente rica a sensação que se vive nos dias de festa naquele lugar (como quando o Papa lá foi e eu, assistindo pela televisão, dei comigo lavada em lágrimas com tamanha carga emocional que aquelas imagens me transmitiram).
Quem desse lado já foi ou vai a pé a Fátima? Pergunto-me se, para quem não acredita, esta ideia de se caminhar km durante dias até aquele sítio não parece surreal!

6 comentários:

  1. Eu não sou religiosa e apesar de compreender e respeitar, acho que é um “sacrifício” demasiado grande... especialmente para crianças e pessoas mais idosas!

    TheNotSoGirlyGirl // Instagram // Facebook

    ResponderEliminar
  2. eu fui uma vez e adorei.
    quero muito voltar a fazer porque é algo muito especial

    ResponderEliminar
  3. Eu nunca fui a Fátima a pé mas adorava viver essa experiência. Conheço algumas pessoas que já o fizeram e o relato que ouvi é impressionante. Deve ser algo transcendente! E uma experiência única. Sei que há muita gente que critica quem o faz, fala em sacrifício. Eu prefiro olhar para esta caminhada como um agradecimento por algo que cada um sabe o motivo.
    A única peregrinação que já fiz a pé foi à Santa Rita, em Ermesinde, mas estamos a falar de uma caminhada de cerca de 6, 7 horas de noite. É diferente. Ir a Fátima a pé é algo que gostaria, sem dúvida, de fazer.

    ResponderEliminar
  4. Adorava e espero um dia fazer esse caminho a pé :)

    ResponderEliminar
  5. Já lá fui várias vezes, tanto a pé como de bicicleta. E hei-de voltar, adoro aquela paz enorme...

    ResponderEliminar
  6. Eu gostaria de fazer o de Santiago de Compostela. Quem já fez diz que o nível de intensidade, profundidade e conexão com Deus é inexplicável em relação ao de Fátima.

    ResponderEliminar

Obrigada pelas tuas palavras!

Desafios e Sonhos

É curioso aperceber-mo-nos que a nossa disponibilidade financeira tem muita influência na forma como encaramos as coisas - se formos pesso...