Pesquisar neste blogue

segunda-feira, 22 de dezembro de 2014

Missa do Parto, Feira da Ladra e um Sábado preenchido!

Sábado foi um dia diferente, especial e muito produtivo. Tivemos de nos levantar bem cedo - eram umas 6/6.30h - para assistirmos a uma missa especial. Fomos a uma missa do parto, que faz parte da tradição madeirense, é dedicada a Nossa Senhora e ao parto do menino Jesus e faz-se de manhã antes do sol nascer por relação com a hora do nascimento (e anúncio do nascimento) de Jesus. Depois da missa, manda a tradição que haja comida e bebida, típicas e nada leves, que permitam aos fieis que assistissem aguentarem o dia (em princípio de trabalho) que assim começa. Claro que pelo meio há muita música, algumas piadas e, não podia faltar, os cantares ao modo "bailarico" que isto quer-se tudo muito animado. 
Era uma das coisas que queria muito mostrar ao G., que fazem-me mesmo lembrar o Natal em casa e, como cá ficamos este ano, há uns dias decidi procurar no GOOGLE para ver se cá haveria alguma. Qual não foi o meu espanto quando a descobri, para um sábado, não muito longe de nós. Aí está uma coisa que nunca pensei acontecer: ir a uma missa do parto em Lisboa - mas foi tão bom!!!


Já que estávamos a pé tão cedo a um sábado e era dia de feira, fomos à Feira da Ladra. Foi um dia muito produtivo: o G. comprou um livro que queria oferecer ao pai pelo preço mais baixo que já tínhamos encontrado e eu finalmente encontrei uma banqueta para o meu toucador, em óptimo estado, linda e barata (!!!) - que estas coisas custam os olhos da cara e há meses que procuro uma. A minha linda banqueta custou 15€, o livro para oferecer 7,5€ e ainda trouxemos um UNO por 2€ para animar festas e serões cá em casa.

Voltámos para casa, estava um gelo frio incrível, nunca vi em Lisboa coisa igual, não se podia estar na rua. Passámos o resto do dia a cozinhar para aproveitar aquilo que a minha mãe traz do trabalho (quebras, fins de validade e produtos em pior estado, que iria para o lixo e ela nos dá), vimos um filme e ainda tentámos arrumar e resolver coisas cá em casa e sair - o G. exausto, adormeceu no carro.

Os últimos dias foram para fazer algumas compras e ultimar o envio das prendas para minha casa: tenho pedido a amigos que viajam para lá nesta altura para levarem as coisas, então tenho comprado, embrulhado e entregue as coisas muito antes, logo as prendas estão praticamente todas despachadas, a alguns dias do grande momento.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Muito obrigada pelas tuas palavras!